Author:
• terça-feira, outubro 07th, 2014

O horário de verão já iniciou em Rivera, no Uruguai, porém, no lado brasileiro da Fronteira, o relógio está uma hora atrasado mudando somente a partir do dia 19 de outubro.
Este período se dá pelo fato dos dias serem mais longos de acordo com a posição da Terra em relação ao Sol. Porém, famílias e trabalhadores serão afetados devido aos horários diferentes.
A autônoma Valentina Assunção mora no Uruguai e disse que o horário não afeta muito ela. “Fica ruim. Complica. Mas, não afeta muito por ser somente duas semanas e os clientes compram da mesma forma”, relatou.
A família Pereira relatou que o horário diferente atrapalha a rotina. “Meu marido trabalha em Rivera e meus filhos estudam lá, porém, nós moramos em Livramento, então, nossa rotina ficou complicada já que as crianças não querem fazer alguma coisa porque se guiam pelos desenhos da TV – que são no horário brasileiro- ou se eu tenho que cumprir algum compromisso, consigo fazer os daqui – Livramento – e não faço os de Rivera”, afirmou Sandra.
Em Livramento (Brasil) quando será?
-Na noite de sábado, 18 de outubro, 00h para domingo, 19 de outubro, adiante uma hora.
Na noite de sábado, 15 de fevereiro, 00h pra domingo 16 de fevereiro, atrase uma hora.
Em Rivera (Uruguai) o horário de verão
vai até o mês de março.

Category: Sem categoria  | Comments off
Author:
• terça-feira, setembro 16th, 2014

Tradicionalistas se revezam na guarda à Chama Crioula no Galpão do Parque Internacional
Desde a abertura da Semana Farroupilha, no último domingo, as entidades estão em casereada no Galpão Binacional, localizado no Parque Internacional. Dia e noite é realizada a guarda à Chama Crioula, que é um dos maiores símbolos do tradicionalismo gaúcho.
O Galpão Binacional, além de sediar a guarda da Chama, também é um espaço para receber visitantes. Diversas escolas possibilitam a seus alunos passarem por lá durante a Semana Farroupilha. Ainda no Galpão do Parque, há shows, almoços e jantares típicos, principalmente o churrasco, para os caseiros.
No local, além das entidades, estão presentes as representações das Secretarias de Turismo e de Agricultura do Município e a División de Cultura que pertence à Direção Geral de Promoção e Desenvolvimento de Rivera.
A casereada é o ato de manter sempre representantes de alguma entidade presente no Galpão Binacional e se refere à simbologia gaúcha. No passado, os peões se reuniam para fazer a ronda nos galpões das antigas estâncias, o fogo de chão é o esteio básico para manter o galpão com suas características.
Conforme o Presidente da Comissão Organizadora da Semana Farroupilha, Rui Rodrigues, o momento em que é guardado o fogo é o mais importante do tradicionalismo, pois toda origem de cultivar as tradições está presente ali. Ainda relata que a casereada é um ato de ronda da Chama Crioula, que está mantida naquele Galpão e deve ficar sobre vigília durante toda semana.
Rui Rodrigues também relata que a casereada é um momento muito importante para o tradicionalismo, pois naquele local acontece a troca de ideias e saem muitas discussões interessantes para o movimento. “Em virtude da conversa, da troca de ideias, é possível formatar algumas coisas para o futuro”, afirma.

Category: Sem categoria  | Comments off
Author:
• terça-feira, setembro 02nd, 2014

Teve início, ontem, após solenidade cívico-militar na praça General Osório, pela manhã, a Semana da Pátria
Uma solenidade na manhã de ontem, na praça General Osório, abriu a Semana da Pátria. Autoridades civis e militares participaram do ato oficial que iniciou com a execução do Hino Nacional Brasileiro, a cargo da Fanfarra do 7º Regimento de Cavalaria Mecanizado.
As bandeiras foram hasteadas, sob responsabilidade, respectivamente, do prefeito Glauber Lima (pavilhão de Sant’ Ana do Livramento), do presidente da Câmara Gilbert Gisler (bandeira do Mercosul), do tenente coronel Juarez Guina Fachina Junior (Bandeira do Brasil e do capitão Laerte Soares Maciel, representando o comando do 2º RP Mon (Bandeira do Rio Grande do Sul).
O comandante do 7º Regimento de Cavalaria Mecanizado e Guarnição Federal em Livramento, tenente coronel Guina falou sobre a importância de resgatar os valores patrióticos, recordando que a materialização do civismo deve ocorrer sempre, especialmente, no dia 7 de Setembro.
“Nossa Pátria não deve ser exaltada apenas em uma semana, e sim, em nosso dia a dia. Temos o ano inteiro para exaltar a nossa Pátria. Fazemos isso em algumas oportunidades, quando apoiamos as escolas, e onde fazemos o hasteamento do pavilhão nacional e cantamos o nosso hino. Estaremos apoiando, dentro da possibilidade, estas atividades, para que nossa pátria seja reverenciada durante os 365 dias do ano” – ressaltou.
Após o hasteamento dos pavilhões, Guina, Gisler e Glauber Lima acenderam o Fogo Simbólico, que chegou à praça levado por atletas do 7º RC Mec, 2ª Bateria de Artilharia Antiaérea e do Clube de Orientação da Fronteira (Cofron). A centelha foi entregue, sob guarda, em Livramento, no dia 28 por militares e servidores federais que participaram da 77ª Corrida do Fogo Simbólico Pátrio.
Glauber Lima discursou destacando a honra em dar início a mais uma Semana da Pátria e frisou a importância de reafirmar as conquistas desde a Independência do Brasil. “Precisamos ter o sentido de Pátria, reafirmar a necessidade e a importância do reconhecimento do valor desse território, múltiplo em riquezas e que para nós é motivo de muito orgulho”, encerrou.
A Liga da Defesa Nacional propôs os seguintes temas para as comemorações cívicas deste ano: Amazônia: Patrimônio Brasileiro” como tema nacional; Meu jeito de ser brasileiro como tema estadual; O Centenário de Lupicínio Rodrigues para homenagens regionais; e, em Livramento, Os Bons Ventos da Fronteira.
A Liga, desde a sua criação, tem como objetivo difundir e incrementar o civismo, promover e incentivar o culto aos símbolos nacionais, preservando os heróis e figuras ilustres da história.

Category: Sem categoria  | Comments off
Author:
• quinta-feira, julho 31st, 2014

Passeio conta com visitas às vinícolas de Livramento e Rivera e almoço com comidas típicas da região com preço acessível

Acontece a partir desta quarta feira (30) às 9h uma série de passeios que vão mostrar a Ferradura dos Vinhedos, vinícolas uruguaias e grande parte da farta gastronomia da Fronteira. A prefeitura Municipal, através da Secretaria de Turismo, convida toda a comunidade que se junte às pessoas que estão já cadastradas nos passeios pois ainda restam lugares para visitação.
A Secretária de Turismo Denise Toledo mostra entusiasmo em mais esse projeto, “vamos proporcionar às pessoas o melhor da Enogastronomia da Fronteira, além de apreciar as paisagens do Pampa, assim como do lado uruguaio onde serão oferecidos serviços e produtos da mesma grandeza e de refinado sabor”, comunicou.
A Guia de Turismo Marta Feippe Martins explica como serão realizados os translados, “O primeiro passeio será feito em direção à Vinícola Almadém, Cordilheira de Santana e almoço no CTG Presilha do Pago, ao custo de R$20, mostrando que o bom gosto está ao alcance de todos”, frisou. Sobre os lugares a serem visitados ela exclama, “queremos proporcionar às pessoas que vão embarcar neste passeio, vistas diferentes do município, proporcionando informação e cultura além de saborear o melhor de nossa gastronomia”, concluiu. Sobre os profissionais que vão trabalhar como guias, ela comenta sobre a forma de trabalho,” muito bem treinados para orientar, eles vão se revezar, sendo dois guias e dias intercalados”, acrescentou.
São 30 vagas por passeio ao custo de R$20 e nos dias 02, 08 e 09 de agosto o custo é R$35, toda comunidade Santanense é convidada para preencher as vagas basta ligar para os telefones abaixo e verificar a disponibilidade ou ir até a Secretária de Turismo com documento com foto para finalizar o cadastro.

PROGRAMAÇÃO

QUARTA FEIRA – 30 de julho
Vinícola Almadém
Cordilheira de Sant’Ana

SÁBADO – 02 de agosto
Bodega Carrau
Nova Aliança
Cordilheira de Sant’Ana

DOMINGO – 03 de agosto
Vinicola Almadém
Bodega 636

QUARTA FEIRA – 06 de agosto
Bodega Carrau

SEXTA FEIRA – 08 de agosto
Vinícola Almadém
Cordilheira de Sant’Ana
Bodega 636

SÁBADO – 09 de agosto
Bodega Carrau
Nova Aliança
Vinícola Almadém
** As saídas estão programadas para as
9h da manhã, na frente da CAVE de vinhos.

RESERVAS

Secretaria de Turismo – (55) 3968 1100
Celular – (55) 8442 3627
Telefone uruguaio – 098 571368

Category: Sem categoria  | Comments off
Author:
• terça-feira, julho 15th, 2014

Situada na chamada Fronteira Oeste do Estado, juntamente com outros municípios, integra a região fisiográfica da Campanha, que perfaz uma área total de 7001 km ² o que representa aproximadamente 20 % da área territorial do Rio Grande do Sul. Sant’Ana do Livramento é uma cidade diferente, sua originalidade é Ter um obelisco no Parque Internacional como divisória e uma avenida entre uma das principais ruas da cidade irmã Rivera-ROU. As duas cidades têm características tão semelhantes que ora estamos no Brasil e ora no Uruguai.

Há grandes intercâmbios comerciais o que caracteriza as duas cidades com um imenso movimento de turistas, a alta ou baixa do dólar beneficia ora um lado ora outro da fronteira.

O centro da cidade apresenta indícios de concentração urbana excessiva com a presença de edifícios domiciliares até dezoito pavimentos. A rua principal, Rua dos Andradas, é a continuação da avenida principal da cidade de Rivera, Avenida Sarandi, ambas com grande concentração comercial e movimento muito mais intenso para as condições normais de cidade do interior.

Há várias atrações turísticas na fronteira como: Cassino Municipal de Rivera, Lojas, Free Shops, Bares, Restaurantes, Passeios na Avenida Sarandi onde pessoas de ambas as cidades se reúnem para conversar.

Entre os lugares turísticos da fronteira podem ser citados: Represa hidrelétrica de Cuñapiru, construída por uma companhia inglesa de Minas de Ouro no Uruguai em 1880, o Parque Municipal Gran Bretaña, localizado a 7 km com área de camping e zoológico, declarado monumento histórico nacional no Uruguai, Teatro Municipal, inaugurado em 4 de outubro de 1977, um dos melhores do interior do Uruguai, a Biblioteca Artigas, inaugurada em 1° de dezembro de 1966, Museu Municipal de Artes Plásticas, fundado em 1970 e o Balneário Municipal “Passo do Serpa”.

No lado brasileiro temos para oferecer aos turistas que vêm até a Fronteira da Paz os seguintes pontos turísticos: Parque Internacional, localizado na linha divisória, metade pertence ao Brasil e metade ao Uruguai. É um vasto parque com flores e árvores decorativas, contendo no centro um obelisco que demarca a divisa entre o Brasil e o Uruguai. No mesmo Parque, seguindo-se a linha imaginária da divisa, encontra-se a poucos metros a Fonte Luminosa com suas águas coloridas, ponto de atração de todos que visitam esta fronteira pela sua beleza e singularidade. Também encontra-se o Monumento às Mães, numa expressiva e tocante homenagem às Mães do mundo.

O obelisco internacional, símbolo da união das duas pátrias, possuí os escudos do Brasil e do Uruguai e o relógio que marca as horas de ambos os países respectivamente. Temos ainda a Praça General Osório a principal praça da cidade, possuí árvores com mais de um século de existência e também a beleza das esculturas e jardinagem. Na praça General Osório está a palmeira plantada por Dom Pedro I, quando esteve no Brasil, hoje considerada patrimônio histórico cultural.

CTG Fronteira Aberta

O primeiro a preservar, cultuar e proporcionar uma revitalização da Cultura Riograndense. Fundado em 1955 representa a força do Gaúcho. Possui um museu que guarda objetos típicos da vida do gaúcho.

Clube Campestre

Entidade social localizada no bairro industrial do Armour, oferece o mais completo equipamento de esporte da cidade, o Clube de Golf, o mais antigo do Brasil, construído pelos ingleses, para seus lazer na época em que os mesmos dirigiam o frigorífico na época. Possui também quadras de tênis, futebol de campo, basquete, vôlei e padel, piscinas e salão de baile.

Cerro de Palomas

Situado na entrada da cidade, quem vem pela BR 158 observa ao longe aquele majestoso morro, sendo um cartão de visitas da cidade.

Porto Seco

Surgiu através do Decreto Lei n° 1206 de 03/02/72 do Governo Federal, com a finalidade de controle de entrada e saída de mercadorias.

Parque Municipal do Batuva

Surgiu como um projeto turístico. Conta com uma área de 220há. A inexistência de rios e praias próximas a cidade torna o projeto interessante. A formação de uma extensa lâmina d’água permite o uso do Batuva como balneário e área de esporte.

Possui em sua extensão uma passarela, quadra de vôlei e futebol de praia, área para camping arborizada.

Almadén

Localizada em Palomas, desde 1974 a Almadén tem trazido muitas mudas dessas vitiviníferas para Sant’Ana do Livramento.

A campanha gaúcha tem sua nova paisagem entre cerros e coxilhas da fronteira, verdejantes e pioneiros vinhedos que a Almadén plantou.

Santa Colina

Nesta faixa do paralelo 31, o mesmo de Palomas, está também no Passo do Guedes a pouco mais de 30 km do centro da cidade os vinhedos da Santa Colina, um projeto do grupo japonês Hombo, o maior produtor e distribuidor de bebidas do Japão, que vem produzir para aquele país e também para o mercado brasileiro.

A área cultivada atualmente é de 80 hectares. Sua produção de vinhos é de 400 mil litros.

Prédios de valor histórico

Casa de Nelson Gonçalves – localizada na esquina da rua Vasco Alves e Silveira Martins, berço do grande cantor brasileiro santanense denominado “a voz de ouro do Brasil”.

Casa do General Flores da Cunha – localizada na Estância São Miguel, 4° sub-distrito, Vista Alegre a 60 km da cidade.

Casa de David Canabarro – localizada na esquina da rua 24 de Maio com Barão do Triunfo, construída em 1845, local onde veio a falecer em 1867.

Prefeitura Municipal – localizada na rua Rivadávia Corrêa e Duque de Caxias, seu estilo é gótico-romano. Foi inaugurada em agosto de 1910.

Igreja Matriz – localizada na rua Sete de Setembro em frente a Praça General Osório, foi o primeiro templo católico de Sant’Ana do Livramento.

Sala Cultural Professor Antonio Francisco Pereira Alves – em 28 de junho de 1978 foi adquirida pela Prefeitura Municipal, o prédio pertencia ao Banco do Brasil, pela Lei Municipal n° 1786 de 30/11/83, sofre reformas e é inaugurada em 21/12/83.

Museu David Canabarro – localizado no 1° andar do antigo edifício do Banco do Brasil, em frente a Praça General Osório.

Museu Folha Popular – localizado nas proximidades do Cerro do registro.

 

Category: Sem categoria  | Comments off
Author:
• quarta-feira, junho 18th, 2014

Sant’Ana do Livramento, no lado brasileiro, e Rivera, no lado uruguaio, se confundem. A prática de integração preconizada pelo Mercosul é ali uma realidade há muito tempo. Com cerca de 200 mil habitantes, as duas cidades são, na realidade, uma cidade só, divididas apenas virtualmente por uma linha imaginária cortada por uma rua.

Existem opções de turismo interessantes nessa região, a começar pela própria paisagem fronteiriça e por se estar num ponto característico do pampa gaúcho. Além dos free shops de Rivera, as principais atrações são as vinícolas (Almaden e a Santa Colina) e o turismo rural.

Através desta página queremos lhe dar acesso a informações sobre essas alternativas e também às histórias e estórias do folclore local que podem enriquecer o seu conhecimento em relação a um dos pontos mais típicos e curiosos da fronteira brasileira e, principalmente, gaúcha.

Principais atrativos turísticos de Livramento:

Lago do Batuva: local de descanso, lazer e desinado à prática de esportes náuticos;

Parque Internacional: área que é um símbolo da integração entre as duas cidades;

Cerro de Palomas: um dos símbolos da cidade, local dos vinhedos da Almadén e onde existem inúmeras opções para a prática do eco-turismo;

Casa de José Hernandes: onde o poeta argentino escreveu parte do poema “El Gaucho Martín Fierro”;

Clube Campestre: primeiro clube de golfe do país;

Gare da Viação Férrea: onde passou o 26º presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt;

Vinhedos e adegas da Almadén e Santa Colina.

Para informações turísticas sobre a cidade e a região, ligue para a Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio, através do telefone (055) 242-1970. A secretaria fica localizada na Rua Sete de Setembro, 515.

Category: Sem categoria  | Comments off
Author:
• quarta-feira, maio 28th, 2014

Obra que era pra ficar pronta até a copa do mundo, só em 90 dias

Nesta segunda-feira teve início as obras do Centro de Atenção ao Turista (CAT). A obra recebeu recurso do governo federal para a Copa do Mundo, porém não ficará pronta para o início do torneio mundial, mas é um legado que Livramento vai ter para sempre. A função do CAT é recepcionar e orientar, além de ofertar mostras culturais de santanenses, a brasileiros que visitam a Fronteira ou mesmo estão de passagem, como é o caso de turistas argentinos e uruguaios que cruzam aos milhares, principalmente em temporadas de verão.

Segundo a Secretária de Turismo Denise Toledo, na última sexta-feira (23), reuniu-se com Secretário de Planejamento e representantes da Construtora que é responsável pela obra, para confirmar que em cinco dias começariam a realizar os primeiros movimentos dentro na Praça Tio Nico. “Com muito trabalho conseguimos os papéis. O CAT Santanense será o único a ter iniciado suas obras, pois em Quaraí, o CAT teve sua construção suspensa” informou. Sobre os preparativos da cidade em relação a uma passagem maior de turistas se deslocando para Porto Alegre durante a Copa, ela diz que projetos já estão encaminhados. “Todo o pessoal está se envolvendo. Nossa ideia é oferecer um material informativo para as pessoas que cruzam pela nossa cidade, abordando-as e mostrando um pouco mais do que o Município pode oferecer”. No CAT, já pela manhã, homens entregavam os materiais de construção, para que na primeira hora da tarde, o trabalho tivesse início. Sob a supervisão dos Proprietários da Construtora Bannura e Civeira, os operários começaram os primeiros movimentos, pois o prazo é de 90 dias para ser concluído.

Category: Sem categoria  | Comments off
Author:
• quinta-feira, maio 08th, 2014

Grupo retorna para as Ruas de Livramento e faz apresentações. Quem passa pela esquina da Tamandaré com Rua dos Andradas não tem como não se encantar.

Category: Sem categoria  | Comments off
Author:
• quarta-feira, maio 07th, 2014

Na manhã de terça, 6, aconteceu a eleição da nova presidência do Conselho Municipal de Turismo. Foi eleita por unanimidade, a chapa composta por Raed Ahmad Shweiki (presidente); Denise Toledo (vice-presidente); 1º secretário: Vera Reis; 2º secretário: Luis Carlos Santana.

Estiveram presentes a arquiteta Carina Benitez; a secretária de Turismo, Denise Toledo; o empresário Raed Shweiki; a guia de turismo, Vera Reis; o secretário executivo de Serviços Urbanos, Edson Pereira; a assessora superior de governo, Viviane Maciel de Ávila; bem como os membros da comissão eleitoral: Pâmela Bond, Volmir do Canto e Patrícia Chaves. Na oportunidade, a chapa eleita fez uma explanação sobre os potenciais turísticos da cidade, os projetos em andamento e as formas de captação de recursos.

Category: Sem categoria  | Comments off
Author:
• segunda-feira, maio 05th, 2014

Comunidade comparece em peso no evento, e domingo fecha o dia com provas de tirar o fôlego

Durante a semana, o santanense pôde desfrutar das atividades previstas pela 32ª Campereada Internacional. O evento que nasceu de uma divergência sobre a Confederação de Prova de Laço, se mostrou maduro no decorrer dos dias e quem levou a melhor, no final, foi o público que compareceu em cheio nas provas e festividades.

As ruas que cortam os acampamentos mostraram a cultura gaúcha em todas as idades e formas. O carvão dos churrascos de chão ou mesmo dos mais modernos não parou de queimar um instante, e quem se fez presente pôde apreciar momentos importantes para a tradição.

O truco chamou a atenção de quem passava pelo local. Gritos eufóricos a cada jogada ou mesmo a concentração para o laço mostraram a tradição sendo levada a sério. Toda essa junção de tradições num único lugar, deixou o evento ainda mais atrativo. A música foi uma atração à parte, de um acampamento para o outro se podiam ouvir cantos gaúchos.

DOMINGO

O último dia do evento trouxe emoção e ansiedade para o público presente na festa. O show à parte foi a prova de laço nas séries “A” e “B”. O público presente lotou as arquibancadas e quem não conseguiu espaço, se apertou nas grades para ver os santanenses na luta por um prêmio.

A emoção durante a narração da última prova pela disputa de um carro zero, levou o próprio narrador Mateus da Terra às lágrimas com a apresentação das duplas finais, dentre elas os santanenses Maurício e Jonatan da Costa. O microfone precisou ser passado para outra pessoa, pois a emoção tirou a voz do jovem apresentador.

Nos momentos finais da disputa, o prêmio do carro zero ficou nas mãos de duas duplas, José Brum e Marcos; Fabrício Alves e Vagner Andrade. Livramento estava fora da disputa depois de uma apresentação espetacular. Para surpresa de todos, as duplas desistiram da disputa final e resolveram dividir o prêmio: uma prova de companheirismo na cultura gaúcha. O público de mais de 50 mil pessoas se fez presente até os minutos finais da Campereada.

Category: Sem categoria  | Comments off